Q de Yule: descubra a correlação entre duas variáveis dicotômicas

Compartilhe!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

A ferramenta Q de Yule tem por finalidade propiciar uma forma fácil e intuitiva para analisar duas variáveis dicotômicas ou binárias. Suponhamos que pretendemos averiguar se a estratégia de longo prazo contribui para o sucesso da empresa. Com base nessa ferramenta é possível analisar se uma variável interfere em outra através do seu grau de correlação.


Vale salientar que a utilidade dessa ferramenta é notada quando precisamos avaliar dois fatores que não possuem relação direta de casualidade como, por exemplo, sucesso e estratégia. No exemplo: Sucesso e Estratégia a variável X (Sucesso) e a Y (Estratégia) podem ser correlacionadas à medida que uma possui influência sobre a outra.

Mas como saber se essa influência realmente ocorre? Nesse contexto, precisamos avaliar o comportamento de X em função de Y ou vice-versa. Para essa análise existe uma fórmula pronta.


Não é o objetivo deste E-book apresentá-la aqui. Não faria muito sentido, mas você precisa conhecer o processo que permite que essa avaliação ocorra. Primeiro é necessário verificar com base em um histórico, isto é, em uma base de dados os registros que confirmam que em determinado momento este conjunto mostral referente a variável “X” (Sucesso) recebe influência de “Y” (Estratégia).


Isso é feito analisando, por exemplo, uma certa quantidade de empresas que ao aplicar determinada estratégia elas obtiveram sucesso.

Agora vamos observar a correlação entre Sucesso-SIM, Estratégia-SIM, Sucesso-NÃO e Estratégia-NÃO. Isso implica em dizer que é possível que determinada quantidade de empresa tenha obtido sucesso através da estratégia utilizada e outra quantidade não tenha obtido nenhum resultado.


A matriz permite, ainda, inferir que muitas empresas que obtiveram sucesso não utilizaram as mesmas estratégias. O cruzamento desses dados faz sentido quando utilizamos a constante de Yule, ou Q de Yule. Essa constante é um número entre 1 positivo e 1 negativo.

Logo, se a correlação for maior que 0, existe uma associação positiva, isso significa dizer, com base no exemplo anterior, que a estratégia influencia positivamente no sucesso organizacional, pois, com base nos valores apresentados: Estratégia-Sim/Sucesso-Sim (18); Estratégia-Não/Sucesso-Não (12); Sucesso-Sim/EstratégiaNão (2) e Estratégia-Sim/Sucesso-Não (4) a resultante da correlação calculada foi de 0,93 determinando, assim, a existência de uma associação positiva muito forte.

CURSO: 50 FERRAMENTAS DE GESTÃO

Inscreva-se em nossa Newsletter

Receba atualizações em seu e-mail

More To Explore

Ferramentas

DRE – Demonstrativo de Resultados do Exercício como elaborar?

Vamos explorar alguns conceitos importantes. Seguindo a ordem: receitas brutas; deduções; receitas líquidas; custo de mercadoria vendida; resultado operacional bruto; margem de contribuição; despesas operacionais; receitas e despesas financeiras

Gostaria de receber nosso E-book, gratuitamente?

Clique no botão abaixo