Gráfico de Gantt: o que é e como utilizar?

Compartilhe!

A gestão de projetos exige acompanhamento de tarefas por meio de cronogramas. O Gráfico de Gantt é uma ferramenta útil para planejamento de tarefas e gerenciamento do tempo em projetos tipo cascata, onde uma tarefa depende da realização de outra. Em se tratando de implementação de projetos, o tempo é um recurso essencial e deve ser bem gerenciado. Então, a última ferramenta que apresentarei, neste capítulo, servirá para auxiliar na execução do seu projeto.

 

Para utilizar o Gráfico de Gantt, necessariamente, você precisa ter passado pela etapa de planejamento e, de antemão, possuir um projeto pronto, isto é, no ponto de execução com as tarefas, os responsáveis e os prazos bem definidos.

 

Nesse contexto, você precisa listar as tarefas que devem ser executadas. Não esqueça de calcular a duração dessas tarefas, essa etapa leva em conta sua experiência na execução. Lembre-se que se trata de uma estimativa, ou seja, a execução poderá sofrer alterações, atrasos etc. Além disso, lembre-se de apontar os responsáveis por cada tarefa.

 

É importante organizar seu cronograma deixando margem para ajustes futuros, por isso, utilize uma ferramenta versátil como o Microsoft Excel ou o Project. Aqui faço um adendo, indico as planilhas do curso: 50 Ferramentas de Gestão, todas são criadas em Excel e 100% editáveis. (https://hotm.art/Combo50FG).

 

Voltando para ferramenta, Gráfico de Gantt, observe que o modelo é bem simples.

 

Um cronograma formado por uma lista de tarefas pendentes que possui prazo de duração, conforme a data de início e a data de fim para cada tarefa, onde você poderá calcular o período de execução das tarefas. A grande sacada dessa ferramenta consiste em notar como as tarefas se entrelaçam umas às outras.

 

O gráfico surge para demonstrar, visualmente, como as tarefas se comportam no decorrer do tempo. Além dessa informação, que é a mais importante, também temos outros dados relevantes como, por exemplo, o mês de referência, o número total de responsáveis pelas tarefas, os envolvidos no projeto etc. Outros elementos podem ser adicionados facilmente, conforme a necessidade e complexidade do projeto.

 

O Gráfico de Gantt, ainda, traz mais algumas informações estatísticas, a saber: menor duração em dias corridos ou horas; número de atividades listadas; número de maior duração em dias ou horas; entre outras informações. São informações complementares e enriquecem o gerenciamento das atividades.

 

Algo muito importante na gestão de qualquer projeto é o cuidado com o tempo, pois, esse é um recurso escasso. Muitos projetos são abandonados porque tornam-se inviáveis, a maioria deles por causa do não-cumprimento dos prazos. 

 

No entanto, estar atento ao gráfico é apenas um requisito, o resultado depende da execução das tarefas propriamente ditas. Dessa forma, tenha o Gráfico de Gantt como um recurso a mais para você planejar prazos e executar tarefas em tempo hábil.

 

Em suma: O fluxo de trabalho fica visível por meio do gráfico e facilita a interpretação dos prazos os entrelaçamentos, as atividades precedentes e as posteriores a tarefa que está sendo executada, por exemplo.  

 

Note que somos seres visuais e sinestésicos, ou seja, quanto mais estímulos provenientes de fatores diversos melhor nosso cérebro funcionará. O bom gerenciamento das atividades depende de uma organização eficiente do trabalho. 

 

Portanto, arrisco dizer que uma tabela contendo um cronograma, não possui a mesma acurácia de um gráfico de barras. Além do apelo visual, listarei algumas vantagens de utilizar o Gráfico de Gantt, pois, ele serve para:

  • Acompanhar o andamento das tarefas;
  • Segmentar e filtrar as tarefas;
  • Definir prazos de entrega e responsáveis;
  • Analisar a interdependência das atividades;
  • Visualizar tudo em uma linha do tempo gráfica.

 

Portanto, a execução das tarefas é o ponto chave para que o projeto possa avançar, mas o acompanhamento eficiente é fundamental. Por fim, indico uma ferramenta muito boa, o 5W2H, bastante recomendada em diversos artigos e muito poderosa para auxiliá-lo do planejamento à execução de qualquer projeto. Aqui, finalizamos mais um artigo. Nos vemos no próximo, onde apresentarei três ferramentas para diagnosticar problemas

Inscreva-se em nossa Newsletter

Receba atualizações em seu e-mail

More To Explore

Orientador de TCC simples

Eu não sei em qual parte você está do seu TCC.   Por esse motivo, vou te mostrar um vídeo muito interessante sobre como escolher

Ferramentas

Técnica dos 5 Porquês

A simplicidade e eficácia desta ferramenta faz dela um ótimo recurso para diagnosticar e resolver problemas. A técnica dos Cinco Porquês é uma ferramenta desenvolvida pelo Eng. Químico Taiichi Ohno, notório

Gostaria de receber nosso E-book, gratuitamente?

Clique no botão abaixo